4.9.09

RIO, CIDADE MAIS FELIZ DO MUNDO



Desde que Fred Astaire e Ginger Rogers apareceram no filme de 1933 Flying Down to Rio, o mundo se fascinou com o Rio de Janeiro. A percepção popular da cidade está cheia de imagens de jovens felizes dançando ao anoitecer, tendo por pano de fundo imponentes montanhas e o mar escuro.

Essa visão impeliu o Rio para o alto de nossa lista das cidades mais felizes do mundo. Famosa por seu Carnaval anual (que ano que vem começa em 13 de fevereiro), a segunda maior metrópole da América do Sul ficou em primeiro lugar dentre 50 cidades em recente pesquisa realizada pelo consultor de políticas Simon Anholt e pela empresa de pesquisas de mercado americana GfK Custom Research.

"O Brasil está associado a todas estas qualidades de bom humor e bem viver e Carnaval", diz Anholt." O Carnaval é muito importante — é a imagem clássica que as pessoas têm do Rio, e é uma imagem de felicidade ".





Por trás dos números

Os dados de Anholt fornecidos para nossa lista fazem parte do Anholt-GfK Roper City Brands Index, divulgado em junho. A pesquisa foi compilada através de entrevistas online com 10.000 entrevistados em 20 países.

A felicidade é difícil de quantificar, e Anholt reconhece que seus dados, mais do que um indicador de onde as populações são mais felizes, são um reflexo do pensamento dos entrevistados de onde poderiam se imaginar felizes.

"Esta é uma pesquisa de percepção, não um levantamento da realidade ", diz ele. "As pessoas me escrevem o tempo todo e dizem: Isso não é verdade. Provavelmente não é verdade, mas é o que as pessoas pensam. A diferença entre a percepção e a realidade é o que interessa aos governos das cidades".

O historiador francês Fernand Braudel escreveu que “a felicidade, seja nos negócios ou na vida privada, deixa poucos traços na história. " Mas uma percepção de felicidade deixa um traço forte nos balanços de cidades que dependem de convenções, turismo e um afluxo de talento. (Matéria de Zack O'Malley Greenburg publicada na Forbes.com com o título The World's Happiest Cities e traduzida aqui parcialmente pelo editor do blog.)



Posted by Picasa

4 comentários:

Anônimo disse...

Ivo,
tbm li essa pesquisa. Não diria que o carioca é feliz, mas alegre sem dúvida alguma é. Trabalha conversando e ri, ri muito, algumas vezes de seus próprios problemas. Creio que alegria pressupõe felicidade, daí então é muito compreensível que a cidade tenha sido contemplada com esse título.Concordo plenamente.
Abs. Ju

Grim disse...

Estava de passagem pelo blog... Cada vez mais enriquecido de ótimos textos e imagens formidáveis!
Parabéns mesmo por manter firme e forte esse blog que me me faz ter um encanto maior com o Rio a cada vez que leio algum artigo, ou simplesmente ver alguma fotografia... (comentário enviado por e-mail)

Anônimo disse...

Eita cambada de vagabundo que só trabalha 2 horas por dia e de sunga homems e mulheres biquini dentro do escritório ou repartições publicas(Se é que trabalha) pois a maioria é um bando de prostitutas traficantes de drógas bicheiros assaltantes ongueiros que protegem bandidos filósofos e sociólogos decaidos pederastas
Umpovo que não produz nada absolutamente nada para o Brasil
E SÃO O POVO MAIS FELIZ DO MUNDO rsrsrs VOÇÊS SÃO UM FARDO QUE CARREGAMOS NAS CÓSTAS TRASTES ORDINARIOS

Ivo Korytowski disse...

Todo carioca é vagabundo, toda loura é burra, todo judeu (inclusive eu) é usurário, todo japonês tem peru pequeno, todo negro é bandido e o socialismo é a solução mágica para todas as mazelas - em pleno século XXI ainda tem gente que acredita nestas bobagens!