1.1.17

O QUE ESPERO DO NOVO PREFEITO, de ROLLAND GIANOTTI

PUBLICADO ORIGINALMENTE EM O GLOBO DE 31/10/2016, LOGO APÓS A ELEIÇÃO DE CRIVELLA. PARA LER A MATÉRIA COMPLETA CLIQUE AQUI.


O que espero do novo prefeito (ou meus dez desejos para Marcello Crivella):

1) que, durante todo o seu mandato, respeite as minorias e prove ser merecedor dos votos da maioria;

2) que entre 2017 vestido de branco, saltando três ondinhas e saudando Iemanjá no réveillon de Copacabana;

3) que em seu primeiro ato como prefeito de fato, cumpra a promessa de campanha e monte um secretariado estritamente técnico, evitando o loteamento da máquina pública entre políticos fichas-sujas, pastores evangélicos e milicianos;

4) que no dia de São Sebastião (20 de janeiro, é bom anotar...), o novo prefeito procure bênçãos na Igreja dos Capuchinhos da Tijuca e, braços dados com padres e bispos católicos, siga a procissão do santo padroeiro deste Rio de Janeiro;

5) que, no carnaval, ponha seu bloco na rua e, boquiaberto, assista aos desfiles na Sapucaí, onde beijará bandeiras, mulatas e baianas das escolas de samba (observação aqui: vale chorar com Portela, Mangueira e Império);

6) que se orgulhe do Cais do Valongo, lugar por onde passaram milhares de negros escravizados trazidos da África, ponto de grande importância para os representantes de religiões afrodescendentes e local candidato a Patrimônio da Humanidade;

7) que no Dia Internacional do Orgulho Gay (28 de junho, registra aí, Crivella, para não esquecer) se declare defensor das causas LGBT e reconheça o mérito para o Rio do titulo de destino gay friendly (são milhões de reais gastos na rede hoteleira, em bares, restaurantes e no comércio em geral);

8) que evite picuinhas com seu antecessor e preserve e amplie conquistas como o BRT, o VLT, a malha cicloviária e a Orla Conde;

9) que cuide das belezas locais (vale lembrar que o Rio foi a primeira cidade do mundo a receber o título da Unesco de Patrimônio Mundial como Paisagem Cultural Urbana);

10) e que, em meio a tudo isso, encontre tempo para um mergulho em Ipanema, um passeio pelo novo Porto, uma roda de samba em Madureira...

Enfim, que ame o Rio e sua gente.

Nenhum comentário: