9.8.06

QUATRO MARINHAS

AS POESIAS DESTA POSTAGEM FORAM TRANSFERIDAS PARA "POESIAS SOBRE O MAR (e uma crônica também)" NO MEU OUTRO BLOG, O SOPA NO MEL. PARA ACESSAR CLIQUE AQUI.

9 comentários:

Taia disse...

Nunca fui a Paquetá, tenho vontade e dia mais ou menos acertado para ir...

Mariza Rebouças disse...

Na época em que meus filhos eram pequenos, fazíamos o piquenique das mulheres e crianças da famíla em Paquetá, em julho, quando os parentes que moravam fora do Rio vinham pra cá em férias. Guardo ótimas recordações que seu blog fez saírem do esquecimento. (enviado por e-mail)

Alice disse...

Gostei muito da dica sobre um possível passeio a Paquetá. Já fui inúmeras vezes lá, mas em criança. Lembro das charretes e das pessoas andando de bicicleta... (enviado por e-mail)

Anônimo disse...

ótimas fotos! ... e é logo ali.
Ricardo

Léa Madureira G. Lima disse...

Pôxa, Ivo!

Não há como deixar de, novamente, me manifestar ... Trabalhei 2 anos no Ginásio Pedro Bruno (Escola Municipal:5ª a 8ª séries). Viajar às 6 da manhã (1h de barca)e voltar às 15h. foi maravilhoso! À época, filmava-se a novela "A Moreninha", lentamente, como lentamente caía a tarde. Um problema da Ilha, primordialmente, era a falta de hospital e nossos alunos, grandes marinheiros, já nasciam sabendo que "navegar é preciso", levando as mulheres para dar a luz no continente, com a urgência que lhes impunham as necessidades. Sempre o cinema, também, era o auditório, qdo. as profªs. de Línguas (Fr. e Ing.)levavam filmes. Curioso ver, entre nossos meninos, os pais com seus chapéus de palha e sacolas de ferramentas, assistindo os filmes, na hora de almoço. Os únicos de suas vidas! Foi em 1974/75 e meu filho mais velho nascera (março/74), e lá ía eu...
felicíssima como agora, ao ler tanta poesia boa, vendo tanta paisagem bonita em seu blog! P A R A B É N S ! ! !
BJCS, LÉA

Labouré disse...

Me perco nas palavras, para externar o que sinto, nas imagens desse blog que faz escola para os aficcionados no gênero. Tamanha é a sensibilidade encontrada nas imagens, tanto quanto nas poesias reproduzidas!
É uma festa para os olhos e para o coração poder revisitar lugares como Santa Teresa e Paquetá, com tanta qualidade em beleza plástica e poesia! (enviado por e-mail)

Alice disse...

Gostei muito da dica sobre um possível passeio a Paquetá. Já fui inúmeras vezes lá, mas em criança. Lembro das charretes e das pessoas andando de bicicleta. [...] (enviado por e-mail)

Tatiane disse...

Achei a ideia do blog maravilhosa..Unir a literatura às fotos do Rio de Janeiro é fazer poesia digital..Ficou lindo, o template , as fotos, os textos...Dificil não falar em poesia qdo se é carioca , né?? (enviado por e-mail - Tatiane edita o blog Vida Carioca - vale a pena visitar!)

Guillermo Anderson disse...

Felicidades por este hermoso sitio.
Sufro de no encontrar literatura brasileña traducida. Pero en realidad de lo que sufro es de no saber hablar portugués!