3.11.07

COW PARADE RIO 2007

Vaca do Drummond (Celso da Silva e Alexandre Cardoso)

Cowçadão (Louise Avigdor Hasky)

As vaquinhas decoradas que compõem a “Cow Parade”, maior exposição de rua do mundo, invadiram a cidade ontem [3 de outubro de 2007] e deram o que falar. Vacas de fibra de vidro decoradas por artistas plásticos foram instaladas nos pontos mais movimentados do Rio e chamaram atenção de cariocas e turistas.

“São lindas! É bom que dá uma valorizada na cidade”, disse a carioca Mara Cruz, 48 anos. “A ‘Cow Parade’ reforça a idéia de que o Rio de Janeiro é um lugar interessante, está animando a cidade”, completou ela, observando a “Vaca do Drummond” [primeira foto acima], sentada ao lado da estátua do poeta, em Copacabana. A peça é assinada por Celso da Silva. Amigo de Mara, Paulo Neri de Oliveira, 31, é de Manaus e está na cidade a trabalho. “Só no Rio mesmo para encontrar esse tipo de programação cultural, tão divertida assim”, elogia Paulo.

Na verdade, não é só no Rio. Criada há nove anos, a “Cow Parade” já passou por mais de 30 cidades de diferentes países e foi vista por mais de 100 milhões de pessoas em todo o mundo. No Rio, as cerca de 100 esculturas ficam até 26 de novembro. Em dezembro serão leiloadas, em prol de obras sociais da Prefeitura.
(Texto extraído do jornal O Dia de 4 de outubro de 2007)


Olhar o Brasil - Caras do Brasil (Chicô Gouvêia)

Caurioca (Ruth Reis)

Vacas estão espalhadas pela nossa cidade. As crianças urbanas estão atualizando seus conhecimentos rurais e muitas experimentando seu primeiro contato, extasiadas. Acho até que deveriam aproveitar a idéia e instalar galinhas, porcos e demais animais que outrora eram do convívio humano e, hoje, são seres distantes do nosso olhar, mas perto do nosso prato e das estantes do supermercado. Quem sabe, educativamente, instalar diversas
vacas ao redor do Planalto em cenas moralizantes e motivadoras da ética, da probidade e do decoro? (carta de Márcio Mourão publicada no Jornal do Brasil de 8 de outubro)


Cowxinha de leite (Daniela Fisher)

Vaca orelhão (Fernando Tige)

Cowmprida (Ana Couto Branding & Design)

Rio de Norte a Sul (Ana Camelo)

Paraíso Tropical (Edgar Moura Brasil)

Nycowmed (Diogo Russo)

Marylisa Monroe (Fabio Malx)

Vá com Cowma! (Miguel Salgado "Road")

Cowçadão de Ipanema (Patricia Secco)

Vaca Praiana (Christina Murad)

Locowlize-se (Equipe de Criação Farm)

Cownstelação (Equipe de Criação H. Stern)

Provocowte (Daniella Di Nubila e Renata Gobert)

Fotos do editor do blog. Veja outras fotos da Cow Parade nas postagens de 11 a 18/10 do meu blog em inglês Rio de Janeiro Around the Year.

4 comentários:

camila disse...

Adorei as fotos!
Sabe uma coisa que andei reparando também, em nossa cidade? Os grafites! tem uns que são verdadeiras obras de arte!
Fica a dica!
Beijos

Siomara de Cássia Mirada disse...

Oi,Ivo!Gostei muito da matéria sobre as vaquinhas;principalmente da vaquinha leitora,ao lado do grande POETA MOR,Carlos Drummond de Andrade!
Sucesso sempre!
Siomara de Cássia Miranda

Fã número um disse...

Oi meu caro amigo escritor!

Acho o maior barato essas vaquinhas. Um ótimo e divertido programa para todos, além de ser gratuito.
Muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito legal.
Felicidades e inté.

Rix disse...

Acho a Cow Parade uma coisa de gosto duvidoso. Mesmo assim, tem coisas engraçadas. A vaca do drummond eu acho horrível. Coitado do poeta alí do lado daquela merda de bronze.