29.1.07

JUDEUS EM NILÓPOLIS


Estação Central do Brasil

Você sabia que em Nilópolis existiu uma comunidade judaica em meados do século passado? Eu só vim a descobrir há poucos dias, quando recebi um convite para participar de uma viagem de trem com um grupo de pessoas de origem judaica que moraram ali, ou descendentes dos antigos moradores. A viagem foi toda filmada, como parte de um documentário, "Judeus em Nilópolis", dirigido por Radamés Vieira e produzido por André Sztajn. Aqui estão algumas fotos do passeio, que incluiu visita à antiga sinagoga e um encontro da música judaica com o samba na quadra da Beija-Flor. Mais informações sobre o projeto você encontra no site Judeus em Nilópolis.


O ponto de encontro: gare da Central do Brasil


Pegando o trem


Prédio da Central visto da plataforma de embarque


No trem


Vista do trem: Morro do Pinto com sua igrejinha


Estação São Francisco Xavier (onde ficamos parados uns vinte minutos devido a uma queda de energia)


Chegada em Nilópolis


Desembarque


A velha sinagoga de Nilópolis


Idem


Interior da sinagoga, bastante arruinado


Casa anexa à sinagoga: filha de uma lavadeira que atendia a comunidade judaica de Nilópolis


Nilopolitanos


Quadra da Beija-Flor: encontro da música judaica com o samba


São Jorge enfrenta o dragão na entrada da Beija-Flor

Fotos do editor do blog

10 comentários:

ROGEL SAMUEL disse...

VALEU, IVO, E QUE BOAS FOTOS COMO SEMPRE! ROGEL SAMUEL

Siomara de Cássia Miranda disse...

Dear Professor Ivo!My studant,Mr Salomão Zagury,a Jewish,said that,this is a good memory about the good times of the Jewish Community!
We have just visited your blog,and Mr Zagury really appreciated the article about "JUDEUS DE NILÓPOLIS"!
Congratulations!!!
Siomara de Cássia Miranda and my English studant,Mr Salomão Zagury.

Wanda disse...

Shalom-Saravá, Ivo! graças a teu blog conheço mais e mais sobre a minha cicade natal - onde pouco morei - suas histórias, seus segredos, e a literatura vinculada à ela, e tudo isso, sem sair de casa...uma benção...

Cátia disse...

O Rio é surpreendente! Ele está sempre nos brindando com coisas boas e nos enriquecendo com mais e mais informações.
É com esse olhar que eu vejo a minha cidade. (enviado por e-mail)

Eliete disse...

Deve ter sido muito interessante o encontro da música judaica com a bateria da Beija-flor. Outra
coisa, eu também gosto de ver o pôr de sol no Leblon,
por várias vezes fiz hummmmm e também aplaudi. (enviado por e-mail; minha resposta: Quando for lançado o documentário dos Judeus em Nilópolis você vai poder assistir no cinema e ouvir a tal fusão de música judaica com samba - foi tudo filmado.)

Marcio disse...

Sinto um pouco de nostalgia, quando vejo sinagogas antigas.Se tivesse muito dinheiro, eu restaurava todas elas.(enviado por e-mail)

Moacyr disse...

Excelente a "viagem" a Nilópolis - aliás, o blog todo é fantástico! (enviado por e-mail)

Celso Bahia Luz disse...

Ivo, você está agora obrigado a nos trazer o histórico desta comunidade judaica em Nilópolis. Como começou, o que fazia, como acabou !!

Ivo Korytowski disse...

Celso, o documentário que estão rodando está entrevistando o pessoal que foi da comunidade judaica de Nilópolis. Quando ficar pronto, vai mostrar a história dessa comunidade. Dê uma olhada no site Judeus de Nilópolis (ver link na postagem).

Pio disse...

O site do Ivo é uma das preciosidades inesquecíveis.Quem dera houvesse alguém que traduzisse São Paulo como Ivo traduz o Rio.

PIO Pacini